Telma Vinha

Telma Vinha

Pedagoga, doutora em educação na área de psicologia, desenvolvimento humano e educação pela Faculdade de Educação da Unicamp. É pesquisadora e professora do departamento de psicologia educacional desta mesma instituição. Organizadora da coleção “Educação e Psicologia em Debate” e autora dos livros “O educador e a moralidade infantil: uma visão construtivista” e “Quando a escola é democrática: Um olhar sobre a prática das regras e assembleias na escola”, publicados pela editora
Mercado de Letras.

 

Conflitos = Aprendizagem

Em geral, os professores se sentem muito inseguros quando têm de lidar com conflitos porque compreendem conflitos como algo antinatural, como algo atípico das relações humanas. Assim, procuram realizar intervenções que visam conter o conflito, resolvendo-o rapidamente e utilizam procedimentos para tentar evitar que novos conflitos ocorram.

Conteúdo:
-Conflitos como oportunidades de aprendizagem
-Procedimentos que a escola em geral utiliza para lidar com os conflitos
-Mecanismos de contenção
-Estratégias de resolução pontuais e impulsivas
-Transferências (ou “terceirização”) do conflito
-Punições
-Recompensas
-Consequências para o desenvolvimento sociomoral
-Que tipo de pessoas estamos formando?

R$ 60,00

comprar

Formação de Valores

À noite, em uma rua deserta, batemos nosso carro em um veículo estacionado. O que fazer? Deixar um bilhete assumindo a responsabilidade e nos prontificando a pagar pelo prejuízo? Ir embora, torcendo para que ninguém nos tenha visto? A partir de situações cotidianas como esta, vividas nas ruas, em casas e, principalmente, nas escolas, Telma Vinha trata de diversos aspectos de uma educação que visa a formação de valores e, mais do que isso, a formação da autonomia.

Conteúdo:
-Por que seguimos valores?
-Conhecimento e afetividade
-Valores morais e não-morais
-Conflitos entre valores
-Sentimentos permitidos, atos limitados
-Do princípio ao valor
-Ação moral
-Autonomia e heteronomia

R$ 60,00

comprar

Perspectiva construtivista dos conflitos

A inabilidade para lidar especificamente com os conflitos é muito evidente nas escolas. A reação básica aos conflitos são procedimentos coercitivos. Então, em vez de se trabalharem as causas, atacam-se as consequências. Existe uma outra proposta, a perspectiva construtivista dos conflitos, que vê o desequilíbrio causado nessas situações como motor da aprendizagem, como o motor do desenvolvimento. O esforço pedagógico passa a ser o de aprender a partir de conflitos e não em como evitá-los.

Conteúdo:
-Oportunidades de aprendizagem
-Sugestões de intervenções
-Mediar e negociar
-Ações planejadas
-Orientações fundamentais da perspectiva construtivista
-Descrição e articulação
-Causas e consequências
-Processo e produto

R$ 60,00

comprar

Regras e princípios

Inúmeros conflitos são causados, criados na escola em decorrência da qualidade e da quantidade de regras. É comum se fazer regras sem uma séria justificativa, sem pensar quais são os princípios que as fundamentam.
Mas como formular uma regra? O que levar em conta ao instituí-la? Para responder a essas e a muitas outras questões, Telma Vinha aponta para a importância de nos basearmos nos princípios e de como a escola pode aproveitar as situações de conflitos como oportunidades de desenvolver os valores e as normas.

Conteúdo:
-Regras para quê?
-Quantidade e qualidade de regras
-Princípios e regras
-Regras contratuais
-Regras não-negociáveis
-Pelo que vale a pena brigar?

R$ 60,00

comprar